Terça-feira, 31 de Outubro de 2006

O motard...

Hoje não vou ser filosófico nem introespectivo... vou dizer mal mesmo! Forte e feio!
 
Nós, humanos, somos bons a criar ferramentas e temos evoluído sempre com a ajuda de ferramentas. Umas são excelentes e fundamentais, outras nem por isso mesmo e deviam ir para o lixo.
 
Gosto de carros e de conduzir e, na medida da minha paciência e carga anafilática, procuro respeitar os ditos do código (apesar de achar que uma boa parte foi retirada do pântano primevo que é a inteligência de algumas alimárias que, infelizmente, ainda se reproduzem). Procuro respeitar a velocidade, a sinalização e filas de trânsito e tudo o mais que aflige o cidadão comum em termos de gestão de tráfego.
 
Há no entanto dois grupos que acham que estão acima de qualquer regra de trênsito e, ainda por cima, acham que os outros têm que os aturar. Refiro-me aos políticos nas suas viaturas (oficiais e privadas) e aos motards (que raio de palavra arranjaram para falar em moteiros ou motoqueiros.
 
No primeiro caso é vê-los a passar, muitos deles com os pirilampos à frente (GNR) que agressivamente empurram toda a gente para fora do caminho, apenas porque lá vai um imbecil a ler o jornal, com ar de enfado pois não entende as notícias que lê (ou então, no meio do jornal leva uma revista da Gina escondida e vai a bater umas...). Os que não têm direito a pirilampos ou o motorista não pode vir, é vê-los a passar a 200 Km/H numa estrada nacional e se aparecer o infeliz do GNR a tentar multá-los, lixam a vida ao desgraçado do polícia e mandam-no para a bósnia, em calções.
 
Mas de certa forma, creio que já nos habituámos a estas coisas da parte dos nossos políticos (que nem dormem a pensar no nosso bem estar... que aindavamos tendo).
 
O segundo caso, o dos cavaleiros do asfalto, esse incomoda-me profundamente. Eu acho que andar com os cornos ao vento e a levar com mosquitos nas trombas à falta de pára-brisas diminui a inteligência e aumenta a estupidez, até atingir proporções bíblicas. E porque digo eu isto com tanta veemência? Vejamos:
 
- Quando nos aproximamos de uma portagem, a mal ou a bem, nós, condutores de viaturas de 4 rodas lá nos ajeitamos nas filas, contrariados e à coca do “chico-esperto” (ou como dizem em Cascais, “Francisco-esperto”) que tenta passar à nossa frente na fila. Perante esta tensão, acrescida dos putos ranhosos aos berros atrás, o cão que uiva porque não gosta de andar de carro e das piscadelas ao carro da filado lado que está cheio de gajas boas, o condutor não se apercebe do perigo que se aproxima: o Hells Angel, modelo Português, versão de executivo com pintas 2.1.
Esse animal, montado em duas rodas, vem lá de trás, com as fuças cheia de besouros e mosquitos mortos e passa entre os carros e mete-se à frente da fila para pagar a portagem. Como boa besta que é – e devidamente equipada – para em frente ao portageiro, tira as luvas, saca da carteira, vê que não tem dinheiro, descalça a bota e lá encontra umas moedas chulezentas e finalmente, depois de 15 minutos, paga. Mas entretanto a puta da fila quadriplicou de tamanho, apenas porque existem uns senhores que acham que passam à frente dos outros.
 
- Em segundo lugar, estão sempre a reclamar que os condutores não olham pelos espelhos e atiram os gajos para a berma e etc... Hello?? Está alguma coisa entre as orelhas? É que é o seguinte: os ciclistas de motos têm a mania de, em vias de mais de uma faixa em cada sentido ultrapassarem pelo meio. Que eu saiba, isso é ultrapassar pela direita, o que é proibido mas não! A culpa é dos condutores.... que parvos são por não saberem que os moteiros de 2ª passam pela direita.
 
A história que ser motard é um estilo vida irrita-me, ao qual eu costumo responder “ser inteligente é um estilo de vida” e sinto-me cada vez mais solitário...
 
MS
publicado por GERAL às 16:51
link do post | comentar | favorito
|
356 comentários:
De GERAL a 31 de Outubro de 2006 às 17:32
A mim incomodam-me mais os políticos, essa praga que diz trabalhar para os cidadãos e que os atropela de todas as maneiras, até de carro!

Muitos devem pensar que as filas são bons catalisadores de socialização, enquanto eles, sempre mais espertos lá vão passando por nós a rir com os energumenos dos pirilampos à fente. Se estamos em crise, porque é que estes animais têm de ter carro pago por nós ainda por cima escoltado?

Deviam ir a pé, de camioneta ou de combio. Deviam ser assaltados e demorar 1 hora e meia a chegar ao trabalho. E se chegassem atrasados, descontar no ordenado.

Quanto aos motards, enfim, penso que uma guinada no volante tipo: UPS assustei-me, lá foi um para o cara......deve resolver a coisa.

RdS
De miguel a 4 de Junho de 2008 às 09:09
tem cuidado,quando deres a guinada no volante,certifica-te que ele foi mesmo pro cara....,nao va ele ir atras de ti e depois quem vai pro cara.....,es tu.
De S a 13 de Junho de 2008 às 00:53
Incrivelemente, pior que os politicos e outras especies que aì andam, é esta gente que faz comentarios como esse aí do RDS. Conduzo de carro há muitos anos, nunca tive nenhuma queixa acerca de uma mota, mas de carros... é todos os dias... curioso não é??

"Quanto aos motards, enfim, penso que uma guinada no volante tipo: UPS assustei-me, lá foi um para o cara......deve resolver a coisa."

Em vez de ser assim, pode ser que um dia seja:

"Ups, o motard levantou-se e vai dar-me com o capacete nos dentes"

Critiquem quem realmente merece, em vez de andarem aí com dor de cotovelo por não terem "TOMATES" para se montarem numa mota e tornarem o transito menos caotico. Ah pois voces gostam de tar 2horas numa fila de transito a queimar gasolina ou gasóleo.

dumbs...
De Anónimo a 19 de Setembro de 2008 às 12:26
comentarios infelizes acerca dos motards . mas nõs somos unidos.. não somos como os xicos espertos nas suas viaturas a sairem do carro e andarem a mocada.. tomem juizo nesses cornos.. motos forever..
deviam ter vergonha nessa cara..
De Pedro Couto a 7 de Julho de 2008 às 10:45
Veja lá se depois não fica com o peso na consciência de ter ferido ou assassinado um chefe de família, um pai/mãe, um/a irmão/ã, um filho/a. Ou mesmo um familiar seu. São pessoas que vão nos outros veículos!
De Ricardo a 8 de Julho de 2008 às 00:47
Denoto algum recalcamento... Ou és mesmo otário?!?

Caso optes pela triste "guinadela" reza para que o Motard (e sim, é Motard que se diz) não te apanhe...

PS: Graças a sabe-se lá quem que nem todos os automobilistas (ou talvez deva chamar simplesmente FRUSTRADOS) não são todos uns inergúmenos como tu.

Cresce e aparece. Cheiras a leite.
De Diogo a 17 de Dezembro de 2008 às 11:59
Para já. não há cá nomezinhos de merda kmo motoqueiro, ou cavaleiro da estrada nem o caralho k t foda. Nós sempre fomos, somos e seremos motociclistas.
2º Tu não deves ter vida (e deves ser virgem) pa andares aki a escrever sobre o k n entendes.
3ºSe um dia me mandares ao chão, certifica-te k m matas pk s eu m levantar, tu chegas a casa num saco de plástico
De Paulo de Almeida a 8 de Julho de 2008 às 11:18
Meu caro,

Interessante mesmo era que tivesse coragem de
dizer isso cara a cara ou então assinar as suas
afirmações.

Agora, de palavras e pessoas anónimas não reza a
história, por isso bem pode espernear, bufar, defecar
e vomitar por aqui o que bem entender que no final
todos sabemos que este é mais um daqueles blogs
que os frustados da sociedade usam para espraiar
a sua insignificância enquanto pessoas.

Boa sorte....e as melhoras

Paulo de Almeida
De HA a 8 de Julho de 2008 às 11:46
Amiguinho estupido.....só espero que quando deres a guinada para o lado não seja eu, pois se a minha moto ficar apenas com um risco que seja ou eu......vais ter de te meter e mexer para marte, pois não há sitio no mundo onde não te encontre e te meta numa cadeira de rodas para o resto da vida, para veres o que sente um motociclista, quando idiotas e estupidos como tu soltam essa ignorância que têm.....e caso queiras esclarecer qualquer duvida estarei ao teu dispor, em qualquer lugar e qualquer hora.....mas acredita que vais desejar nunca me teres conhecido!!!
De Bull a 8 de Julho de 2008 às 12:09
Boas, nem sei como te classificar, se de coitado ou ignorante....
Mas de uma coisa tenho a certeza, se quieseres, podes juntar-te a um grupo como o meu, dás uns passeios, vês o que é espirito motard...e ai depois voltas a dar a tua opinião...penso que a deste no dia em que algum dito "motard" não te deu passagem em algum cruzamento....Se quiseres mando-te o mail.....e combinamos.....acho que melhor não posso fazer...o resto é contigo.....se queres continuar a manter-te assim......com essa opinião....o problema é teu.
E já agora deixa que te diga....tive 2 acidentes, um deles muito grave, o condutor passou um traço continuo e foi-me bater, tentou fugir, não tinha carta, nem livre-te, nem registo de propriedade....e nem selo, eu por minha vez, tinha tudo legal, o meu selo custa 100€, o seguro 500€....fiquei bem mal tratado....e sabes quem pagou a conta??? TU....Eu...e muito contribuinte...pois foi o Instituto de Seguros de Portugal que pagou a conta......agora diz-me....afinal quem são os assassinos, os que não respeitam o transito??? Como em todo o lado tens varios tipos de mentalidades, tal como agora, eu não penso que todos os enlatados sejam tão ignorantes como tu.....por isso não metas tudo no mesmo saco, pois só vais criar inimigos.....
Abraço e espero que se eu algum dia passar por ti, me dês passagem, pois garantidamente que te vou levantar a mão a agradecer...e tambem te digo que não vou mandar vir se não deixares, pois passar entre os carros é um previlegio não um direito, logo não vou reclamar!
Abraço
De Fernando Matos a 8 de Julho de 2008 às 20:47
Deves dar a guinada, quando for a passar um polícia da BT, na moto de serviço, pode ser que ele te fo.. a carta de condução, e leves uma muito grave, para o controle. Ou melhor talvez te prenda, por tentativa de homicídio e vás parar com os cornos à prisão.
Fernando Matos
De Filipe a 20 de Outubro de 2008 às 22:25
Oh minha grande abécula!!!"andar com os cornos ao vento e a levar com mosquitos nas trombas à falta de pára-brisas" deves ser tu quando nao andas de carro e com esse post publicado so demonstra que o vento que levas na cara é que te diminui a inteligência e aumenta a estupidez.Pessoal, cmo tu que fala mal de pessoas que preferem outro tipo de transporte como mota devem ter problemas psicológicos desde criança aquando começaram a andar de bicicleta e nao tinha equilibrio algum para o mesmo.Epa cresce e cria alguma massa cinzenta nesse caixote!A mota é um tranporte para os inteligentes que circulam em horas de ponta!

< Tenha uma vida equilibrada: ande sobre duas rodas >
De MOTARD a 17 de Dezembro de 2008 às 16:48
a mim não me incomodam os MOTARDS, a mim incomodam estes animais que criam estes BLOGS (que raio de palavra) para que camuflados critiquem a seu belo prazer, sem uma pontinha de moral, todos os cidadãos que usem uma mota para se deslocarem, quer em lazer, quer em trabalho, as atitudes de alguns que se portam menos mal, não de deve generalizar, porque animais a conduzir, tanto se encontram nos veiculos de 4 rodas, como nos de 2 rodas, a mim custa-me a crer que uma besta que tem uma opinião destas sobre os motards, tenha uma atitude civica como tenta fazer parecer, isto é tipico daqueles psicopatas socias, que não contribuem em nada para melhorar a sociedade em que TODOS VIVEMOS, quanto a'' Quanto aos motards, enfim, penso que uma guinada no volante tipo: UPS assustei-me, lá foi um para o cara......deve resolver a coisa.'' espero que quando isso acontecer, não vá ao volante da mota um seu filho, irmao, sobrinho etc...alguem que lhe seja querido, deixo aqui a minha opinião sobre bestas anormais como vocês.
mais digo sobre o assunto, eu sou MOTARD e respeito tanto os animais como vós que nao merecem o comer que comem, como as pessoas que respeitam os outros.

PS: SERÁ QUE JÁ ALGUM MOTARD VOS ENRRABOU OU APANHARAM A VOSSA MÃE NA CAMA A ENCORNAR O VOSSO PAI COM ALGUM MOTARD?
De Anónimo a 8 de Abril de 2009 às 23:18
são uma cambada de ignorantes, devias era de fazer essa do UPS assustei-me, lá foi um para o cara......deve resolver a coisa." era comigo que te fodia a puta da boca toda. é a pala de fihos da puta como vocês que este pais não anda para a frente, é a pala de cabrões iguais vocês , seus impotentes que morre muita boa gente na estrada especialmente pessoal que anda de mota, são uns frustrados porque vem os MOTOQUEIROS a fazer o que foces não conseguem, evitar engarrafamentos etc..
tem inveja pois a GRANDE FAMÍLIA MOTOQUEIRA e a família + unida que alguma vez podem encontrar. mas não se esqueçam que algum dia vão ter um azar e vou precisar de ajuda, vamos ver os os primeiros que os ajudam não são aqueles a quem tanto mal desejam.
De Flor a 3 de Novembro de 2006 às 08:55
E viva a ignorância!!!!
Sabes que hoej em dia ser inteligente não chega para NADA. Pelo menos a andar de mota, aprecia-se um bom passeio e consegues esquecer a ignorância de muitos. Por vezes até daqueles que desconhecem e/ ou não entendem o prazer de andar de mota! Não critiques aquilo que desconheces. é muito feio!
Ser sacana, hoje em dia e mais do que nunca, esse sim é um estilo de vida! Não é ser motard e muito menos inteligente.
De Carlos a 3 de Junho de 2008 às 00:53
Caro amigo.

Sou motard e antes de 1960 já o meu pai o era. Está a colocar tudo no mesmo saco o que só demonstra estupidez e falta de conhecimento. Eu não sou animal e quanto à questão da inteligência, já entrei em duas das faculdades mais conceituadas de Portugal, o meu pai tem mais que um curso superior, e sempre, repito sempre, nos deslocámos em motos. Existem decerto vários MOTOQUEIROS, distintos de motards, que com a sua parca utilização de bom senso, acabam por fazer mil e uma asneiras, contribuindo para que pessoas desprovidas de capacidade de análise e reflexão, como você acabem por colocar tudo o que anda em cima de uma moto em pé de igualdade. Caso não saiba 70% dos acidentes com motociclistas são devido a choques com veículos de 4 rodas, e desses 70%, 60% são da exclusiva responsabilidade dos condutores de veículos de 4 rodas (inversões de marcha sem o mínimo respeito, saída de parques de estacionamento etc..). No entanto não vê nenhum MOTARD (distinto de motoqueiro) a dizer que TODOS os condutores de automóveis (ENLATADOS) são todos umas bestas (que inclusive já me queimaram a cara com as beatas largadas ao vento da janela do seu automóvel)...Existem idiotas em todas as classes, e animal é aquele que não percebe isto. Quanto à questão de ser um estilo de vida, sim é verdade, é um estilo de vida. Não vou perder tempo a explicar pois decerto com a sua aparência de intelectual de divã não iria compreender. Mas deixe que lhe diga que não há nada melhor que sentir o sabor da chuva , o cheiro do vento, e a solidão de avançar sozinho por uma estrada envolto nos meus próprios pensamentos. Talvez um dia descubra que ao andar de mota consegue pensar, sozinho, e sem a necessidade de dar largas ao pensamento na condição de apenas extrair deste formas de criticar o que desconhece, escrevendo qual intelectual de aluguer (cita-se prostituta de pensamento), desprovido de qualquer sentido de justiça ou mesmo respeito.

Em tom de despedida deixe que lhe diga que uma moto polui 4 vezes menos que um carro, contribui para uma maior mobilidade na cidade (imagine aqueles egoistas que usam o carro só para eles começarem a andar de mota. Já viu o espaço que a cidade ganhava e o quanto o ambiente melhorava) e paga um imposto muito mais caro que o carro. E já agora já comi mosquitos, deixe que lhe diga que me souberam bem melhor que tudo o que li neste blogue. Jamais atingirá um patamar de critica construtiva, o que escreveu assim o diz, portanto o melhor é deixar esta mistura de palavras que por aqui vai regorgitando para os os idiotas de café que decerto o tomam por alguêm que sabe o que diz.

Grande abraço,

Um MOTARD orgulhoso de pertencer a esta classe.
De Barbas a 3 de Junho de 2008 às 09:56
É impressionante a estupidez deste texto.

Há maus condutores e alguns desses até são motociclistas.

90% do acidentes que envolvem motociclos a culpa não é do motociclista.

O autor deste texto embora apregoe que defende a inteligência escreve sem conhecimento de causa numa atitude de quase xenofobia estereotipada demonstrando exactamente o oposto.

Se calhar gosta da inteligência nos outros.

Caro amigo, uma sugestão, tire a carta de mota, junte-se a um grupo de amigos e vá dar uns passeios...

Depois volte a este blog e escreva as suas vivências.

Vai ver que se vai sentir muito feliz da sua nova inteligência!

Barbas
De Shivaha a 3 de Junho de 2008 às 10:21
"Não faça com os outros, o que não gostaria que fizessem com você!"

Essa frase já era dita pelos antigos, e deveria ser seguido pelo ser humano, mas infelizmente ainda há alguns "seres", como o que escreveu esse texto, que se acha "o tal"; aquele que é soberano e único na face da terra.

Eu só tenho a lamentar que pessoas como você, ainda pensem e ajam assim. Bons e maus vão sempre existir, mas se cada um de nós tiver o mínimo de respeito, acho que muita coisa poderia mudar.
De WandereR a 3 de Junho de 2008 às 10:32
"Não tento explicar às pessoas porque ando de mota.
Para os que compreendem, nenhuma explicação é necessária!
Para os que não compreendem, nenhuma explicação é possível..."

Eu ia responder ao autor deste blogue a vários pontos da sua mensagem mas no final de ler este conjunto de palavras (que não posso chamar de texto), só me arrependo do tempo que perdi a lê-la! Realmente não vale a pena porque já perdi muito tempo, que não recupero, a tentar perceber o autor.

Há um dizer aplicado às profissões que se enquadra aqui:
"Em todas as profissões há maus profissionais!"

E quanto a certos condutores que dizem "Quanto aos motards, enfim, penso que uma guinada no volante tipo: UPS assustei-me, lá foi um para o cara......deve resolver a coisa." Só tenho uma coisa a dizer! ASSASSINO! Pensa que pode ser um filho teu a ir nessa mota!

Cumps e pense antes de escrever!
De Anónimo a 8 de Junho de 2008 às 11:26
Só um estupido é que não entende que essa espressão apenas reflecte um desabafo e não uma atitude.

É que ver diariamente determinado tipo de condutores a fazer tantas asneiras e com tanto desprezo por terceiros leva a que realmente apareçam desabafos deste género - COMO FOI O MEU CASO!

Dá vontade, mas oviamente não o faço porque, ao contrário da maioria dos ditos Motards que vejo na estrada - EU TENHO CONSCIÊNCIA!

Além disso também tenho carta e milhas de mota e não é por isso que me julgo superior ou com mais direitos que os outros.

Concordo com o texto do autor e, infelizmente, reflecte uma realidade bastante reprovável. Claro que não são só os condutores de duas rodas que são perigosos, é transversal a todos os meios de transportes.

RdS
De WandereR a 8 de Junho de 2008 às 11:31
É tão fácil insultar os outros e esconder atrás da palavra "anónimo"!

«Que Deus te dê o dobro do que me desejas!»

Cumps,

JI - WandereR
De Pedro Castilho a 3 de Junho de 2008 às 11:59
É tão fácil escrever asneiras por trás de uma vulgar agnosia.
É tão fácil escrever asneiras por trás de um anonimato.

Ao fim deste tempo todo o género humano ainda me consegue surpreender pela negativa…

Pedro Castilho
De SpQuad a 3 de Junho de 2008 às 20:06
Da forma que descreve aqui os "motociclistas", só posso dizer-lhe que não não escreve com conhecimento de causa.
Sou levado a pensar que algum "motociclista" lhe roubou a chupeta em pequenino, coisa que ainda não deixou de ser, ou então viu a sua namorada a passear-se de mota com outro.

Não leve a mal... a chupeta sempre pode comprar outra, ou então eu encontrarei uma solução! Quanto à namorada... leve a proxima a passear de mota e vai ver que não lhe volta a fugir!

Aprenda a viver com os outros, seja tolerante e não faça julgamentos de quem não conhece... e tire a carta de motociclo, vai ver que consegue!

Desejo-lhe melhor inspiração para a proxima!
De Anónimo a 8 de Junho de 2008 às 11:53
Já que é tão fácil escrever, porque que não escrevem também? Deixem a vossa opinião, enviem para:

ostres.s33@sapo.pt

Eu coloco no blogue, sem censuras, obviamente.

Quanto ao anonimato ou não, é indiferente, as ideias valem por si e não pelo nome de quem as escreve.

RdS
De Anónimo a 8 de Julho de 2008 às 15:35
dar o mail é porreiro.
não há nenhum SysAdmin por aí que consiga ir buscar o IP deste indivíduo, quando aceder ao mail... para lhe irem batar à porta..
De Diogo a 17 de Dezembro de 2008 às 12:15
Não te preocupes, a morada dele não vai ser difícil de encontrar
De CyberClaw a 4 de Junho de 2008 às 17:32
Acho o texto discriminatório, infeliz e idiota. Espero que não reflicta o autor.

De qualquer forma, venho aqui deixar umas correcções:
Ultrapassar pela faixa do meio numa estrada de 2 sentidos, não é ultrapassar pela direita (certamente é por isso que se queixam de que te atiras para cima dele, nem a direita distingues da esquerda). É ultrapassar pela esquerda, visto que te encontras a esquerda do carro que vais ultrapassar. Os motards fazem isso porque não têm necessidade de estar meia hora parados numa fila de transito porque um enlatado estacionou o carro no meio da faixa para a mulher ir a confeitaria, e engarrafou o transito, ou as belas camionetas da Super Bock que estão a descarregar as garrafas para um cafe qualquer. Temos que ser uns para os outros, facilitar, e esperar que também nos facilitem.

Toda a gente comete erros. Somos humanos. Infelizmente o autor deste texto vê o erro de um humano em cima de duas rodas, como caracteristica de uma raça á parte (os motards), cometendo o grave erro de generalisar.
Há tanta gente a conduzir mal carros como motas. É um facto, conduz-se mal em Portugal. E não é uma reflexão do número de rodas debaixo do nosso coiro, mas uma reflexão da nossa sociedade, e de nós, como povo.
De Luis Carvalho a 4 de Junho de 2008 às 18:17
Porque será que o autor desta posta tem tantas vezes de se afirmar inteligente ?
Deve ser porque nem ele acredita nisso ...
De Tascas a 5 de Junho de 2008 às 17:02
Não há muito a acrescentar.....

Tenho mais de 1 milhão de Km feitos em 4 rodas....e menos de 1000 em 2 rodas, mas cada vez mais vejo que se todos os condutores tivessem o respeito e civismo que os "Motards" certamente haveriam muito menos acidentes rodoviários neste país.

Como condutor de 4 rodas sempre facilitei a vida aos "Motards" pois respeito-os e isso nunca me custou nada, é uma questão de civismo.....porquê dificultar a passagem? Não ganho nada com isso e atrapalho a vida a um terceiro.....

Caro Sr., cresça.....talvez um dia perceba estes comentários....

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nas voltas e reviravoltas...

. A Austeridade...

. Portugal e a Crise

. Jogo FMI

. FMI e afins

. O outro lado da exuberânc...

. Os Sufrágios!

. As idio(ti)ssincracias da...

. O país de betão

. O salário minimo e Portug...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

.Contador

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds