Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

A “Pescadinha de rabo na boca” do Ministro Jaime Silva

Uns cientistas norte americanos “ameaçam” que, se os recursos de peixe) não forem cito “ geridos inteligentemente não existirão recursos piscícolas no mundo daqui a 40 anos” !

 

No nosso rectangulozinho, o Sr. Ministro da Agricultura e Pescas ( ou, dizem as más linguas, interesses ocultos ininteligíveis para o vulgar cidadão ) debitando o tipo de argumentação vaga e numericamente bastante imprecisa característica de quem não tem a minima ideia da realidade das pescas no nosso país, anuncia levianamente o encerramento da Docapesca…. A única empresa ( sim porque ainda por cima não é estado, apenas tem o azar deste ser o seu único accionista) que possui o know how  e a informação para ajudar o estado a gerir mais inteligentemente as pescas, por consequência o nosso maior recurso natural português: O MAR.

 

Isto partindo do principio que o “Estado” se entende por um conjunto de serviços que asseguram o cumprimento das leis que esse mesmo “Estado” cria…com os mais variados objectivos entre os quais sabermos se o que pescamos não acaba com os nossos recursos, se que o que comemos não vem conspurcado, se quem vai ao mar ganha o suficiente para viver dignamente sem precisar de ultrapassar cotas de pesca (apesar de comprarmos o peixe a preços proibitivos)….

 

As orientações ambientais, sociais e politicas que poderiam ser inteligentemente estudadas e co-implantadas pela única empresa da europa comunitária com as características da Docapesca -para não falar no problema mais “comezinho” do lançamento dum sector primário como as pescas no abandono e bandalheira à mercê dos que já ganham muito dinheiro à custa deles, pescadores - são postas em causa pela triste ideia de um Ministro que não quer “ficar para trás” na fúria do emagrecimento do Estado.

 

Sr. Ministro a Docapesca NÃO É ESTADO. Caso não o tenham informado a designação completa é: Docapesca Portos e Lotas, S.(ociedade)A.(nonima).

 

Ainda diz o povo que vozes de burros não chegam aos céus!!

 

CSRA

publicado por GERAL às 09:58
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De GERAL a 7 de Novembro de 2006 às 10:20
FISHE!

Não há como sermos um país à beira mar plantado para estarmos de costas voltadas...para o mar.

Cada dia que passa fico mais espantado / estupidificado / atónito / sei lá mais o quê com a capacidade de Liderança do nosso governo.

Isto da pesca e do mar é uma chatice, atrapalha bastante, era mais simples se fossemos um país sem costas, nada de mar, assim podiamo-nos queixar há vontade e culpar a ausência de costas para o nosso atraso.

Não é o caso, portanto coloca-se a grande questão: O que fazer com o Mar? Não dá para construir casas e auto-estradas, não serve com pista de aterragem de aviões, tem realmente pouca utilidade.

Ainda por cima existem uns gajos que vivem daquilo e que são uns ingratos. O governo, na sua enorme sapiência, tem vindo a desbaratar umas massas para ver se estes gajos acabam de vez com as embarcações de pesca, mas eles ainda resistem.

Ó meus amigos, dediquem-se às embarcações de recreio, incomodam menos e são mais bonitas, além disso podem servir para o turismo!

Ou então dediquem-se à agricultura, cultivem peixes, pelo menos é em terra.

Por outro lado, gerir eficientemente um recurso com esta imensidão é complicado, vejamos, se com um rectângulo ridiculo na ponta da Europa já é o que é, os nossos lideres andam há séculos a tentar destruir isto, o que será quando eles tiverem de lidar com o Mar?

Pois é, a Terra Estranha é assim e este Ministro saíu aos seus, é o que dá pescar à rede, quando votams é como se estivesseemos a pescar à rede, vem de tudo.

Só é pena que as nossas redes deixem escapar os competentes. Mas, mais uma vez, a culpa é dos pescadores, se eles estivessem sossegadinhos, nada disto acontecia.

RdS
De Anónimo a 7 de Novembro de 2006 às 14:29
Não percebo o espanto colectivo sobre estas questões do mar. Nós só fomos para o mar porque não tinhamos mais nada para onde ir... foi apenas uma questão de eliminação de opções...

Por outro lado, as questões piscícolas também não são surpreendentes.... afinal fomos nós, Tugas, (eu não, porque nem gosto do tipo) que lançámos o slogan "Soares é Fish!"... a partir do momento que o elevámos a peixe, ficou tudo estragado.

MS
De IES a 8 de Novembro de 2006 às 22:31
Pois é. Só que para quem vive do peixe, não é assunto para brincadeiras..E como se sabe que, num espaço como o nosso os sectores primários são um espelho da governação...Acho que vamos de muito mal a pior, sem menosprezar os pequenos nichos que ainda conseguem funcionar correctamente, que para sorte deles estão longe destas realidades. Mas quando não se conseguir comer bom peixe....aí é que vão ser elas!! Esta ideia do M. (entecapto) da A.(ormalidade) e P.(ropaganda) leia-se: ministro da agricultura e pescas, é o verdadeiro "tiro no pé"...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nas voltas e reviravoltas...

. A Austeridade...

. Portugal e a Crise

. Jogo FMI

. FMI e afins

. O outro lado da exuberânc...

. Os Sufrágios!

. As idio(ti)ssincracias da...

. O país de betão

. O salário minimo e Portug...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

.Contador

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds