Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007

O Porco e a bicicleta

Dizia um arbitro de futebol, algures na década de 80, uma daquelas frases que ficou para a história, comparável a qualquer pensamento do Sócrates, do Descartes ou do Confúcio. Referiu ele, numa dada entrevista que deu na RTP (naquela altura só havia a RTP) qualquer coisa como "Eu desde que vi um porco a andar de bicicleta, que acredito em tudo". Mai nada. É isso mesmo. Os porcos a andar de bicicleta são muitos. E levam-me a acreditar em tudo.

 

 

Apesar do pressuposto suínocleta, ele há coisas que me custam acreditar. Mas que, tendo sido factos (e não opiniões), levam-me crer que algo está mal. Aqui no reino da tugolândia, mas não só. Ou deveria dizer suinocletalândia?

 

 

 

Vejamos por exemplo o PCP...lá fez a sua enegésima Festa do Avante. Nada de novo, comunas a zurzir no governo, que merece ser zurzido, mas provávelmente de uma forma algo diferente daquela com que sempre, independentemente de quem está no poder, é zurzido pelo PC. O PCP só deixará de criticar qualquer governo da maneira como o faz, quando estiver no poder. Eu, que não vi um porco a andar de bicicleta, ponho isso como hipótese. Se bem que, e felizmente, seja uma hipótese remota. Ora bem, nesta dita Festa do Avante, o partido da liberdade e dos trabalhadores, teve como convidado especial e oficial, uma delegação das FARC. Para quem não sabe, as FARC são uma espécie de grupo terrorista (não está em dúvida o facto de serem terroristas, está em dúvida o facto de serem uma "espécie de grupo" - eu diria uma espécie de "vara" derivada, lá está, do conjunto de suínos que as compõem) que andou durante anos a fio a fazer explodir bombas, a cometer raptos, a matar velhinhos e criancinhas colombianas, a plantar coca (que não a cola) para se subsidiar, enfim, a cometer verdadeiros actos de terror com o fim de elevar, à força claro está, a chamada ditadura do proletariado. Aquela mesmo que existe nos regimes democráticos de Cuba e da Coreia do Norte, e que faria com que as Festas do Avante (caso se realizassem) nesses países não fiozessem outra coisa a não dizer...bem do regime. E durante muito tempo, porque a ditadura do voto não existiria. Palavras para quê? Viesse o Bush (imbecil e burro, mas presidente legítimo da maior democracia no mundo) cá a Portugal e veríamos o camarado Jerónimo ladeado pelo camarada pseudo-rival Louçã a manifestar-se em plena Avenida da Liberdade contra a guerra no Iraque, o capitalismo selvagem, e a opressão ao trabalhador. Bush, esse macaco raivoso, eleito contudo pelos votos dos seus conterrâneos, olharia para a manifestação e provávelmente diria algo como "não sabia que aqui na Austria ainfda havia destes". Há. Não é na Austria contudo.. É no país que decide à conta dos bons valores democráiticos estender uma passadeira vermelha aos lutadores pela liberdade das FARC.

 

 

 

Vejo ainda, por exemplo, e mudando quase completamente de rumo (o "completamente" só não é completo porque se fala de merda aqui), uma notícia no jornal, dizendo que algures nos Estados Unidos, há quem pense comercializar fezes e urina de gente famosa. Importam-se de repetir...fezes e urina de gente famosa? Mas que gente é essa? Porcos que andam de bicicleta? Não, andam de Porsche e de Ferrari. Mas não deixam de ser suínos pelo simples facto de supostamente exigirem direitos de autor pelos resíduos sólidos e líquidos que exalam de alguns dos seus orifícios. Estou mesmo a ver uma qualquer Britney Spears (este nome saiu-me quase que automáticamente quando li a notícia) a mostrar, e a comprovar via teste de ADN caso necessário, uma bostinha fresquinha recentemente tirada das paredes da sua latrina forrada a ouro. Será que a moda pega aqui em Portugal? Eu, que não vi porcos a andar de bicicleta sei que aqui também eles "andem aí". Candidatos há muitos, a maioria dos quais saídos das chamadas revistas côr-de-rosa que em breve passariam a revistas castanhas, com cheiro e tudo. Ó Bin Laden, faz lá alguma coisa de jeito, e quando decidires pôr uma bomba lembra-te de a pôres num sítio onde essa escumalha esteja lá toda.

 

 

 

Vejo também nos jornais ditos-desportivos de hoje, uma 2ª feira após um domingo onde houve duas selecções a participar em eventos desportivos importantes, a privilegiar mais uma vez o futebolzinho. Explicando melhor, a nossa selecção de Basket, um dos desportos mais populares do planeta, está em Espanha a disputar o campeonato da Europa e batendo-se com os gigantes europeus. Ganhou a Israel que todos os anos tem equipas (como o Maccabi) a disputar os lugares cimeiros dos campeonatos de clubes. E que dizer da nossa selecção de Rugby, composta por amadores,e que está pela primeira vez num campeonato do mundo da modalidade. Para quem não sabe, o campeonato do mundo de Rugby é já considerado o 3º maior evento desportivo do planeta. Atrás dos Jogos Olímpicos e precisamente do campeonato do mundo de futebol. Na Bola, no Record, no Jogo, os 3 diários desportivos, umas menções na capa. Os destaques no entanto vão para umas quaisquer entrevistas feitas a uns quaisquer jogadores que, entre outras coisa dizem algo como "o balneário do Benfica é muito bom". Balneário do Benfica? Quer isso dizer que daqui a uns tempos teremos merda e mijo dos jogadores comercializados no E-Bay? Vejo porcos a andar de bicicleta em todas as esquinas...E confirmo que o "f" de Futebol é de facto a grande herança dos "3 F's" dos tempos da velha senhora. Com um poder superior à soma dos "3 F's" desse tempo que, felizmente, não volta para trás. E que os jornais ditos desportivos não são mais do que a face masculina das revistas para gajas que abundam por aí.

 

 

 

Leio e vejo todos os dias, repetidas até à exaustão, desenvolvimentos sobre o propagado "caso Maddie". Agora, vislumbra-se a hipótese de ter sido a mãe da criança a responsável pelo desaparecimento-homicídio da mesma. Há umas semanas atrás escrevi aqui um artigo em que dizia estar solidário com o sofrimento dos pais. A acreditar nesta nova teoria, há porcos a andar de bicicleta no Algarve provindos da terra de Sua Majestade. Com requintes e laivos de de cidadãos de um país desenvido que não o nosso. Pergunto só. Porque razão testes de ADN 3/4 meses depois de o caso ter sido tornado público?

 

 

 

Vejo um documentário passado na RTP2 sobre o "boom chinês". Nele se conclui que a grande vantagem do país está no facto de ter uma mão-de-obra trabalhadora, barata, e com acesso a moderna tecnologia. Faz-se reportagem numa fábrica onde as trabalhadoras ganham o equivalente a Eur 150 mês. Sem direito a subsídio de férias, e sem direito a subsídio de Natal que esse é apenas uma desculpa para aumentarem a produtividade uns meses antes, e aí porem os "artigos-dos-300" nos mercados capitalistas da Europa e da América. Sim, muito provávelmente os Eur 150 são melhores do que nada e dão para eles viverem e mandarem o dinheiro para a Santa-Comba-Dão lá do sítio para que se construa uma casinha com direito a quintal e quiçá um sistema anti-poluição na mesma para evitar plantações de rebentos de soja com cheiro e sabor a químicos. A China, esse país meio-capitalista, meio comunista onde os sindicatos que não existem não tem direito a uma Festa. Nem do Avante nem outra qualquer.

 

 

 

Os porcos a andar de bicicleta pululam aqui e no resto do mundo. Há que lutar pelos nossos, e patentear uma marca, como agora está na moda. Utilize-se o simplex. Promova-se a região. E pode ser que tenhamos num futuro próximo o porco preto de Barrancos a disputar a Volta a Portugal.

 

 

JLM

publicado por GERAL às 14:30
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De GERAL a 17 de Setembro de 2007 às 11:28
Muito BOM! Muito bom mesmo.

Chegou a vez da porcaria e da mediocridade liderar. Os porcos já estão no poder e já levamos com a bosta deles todos. Até agora de graça, mas essa de querem que o pessoal comece a comprar bostazita é de mais. Qualquer dia inventam um imposto e fica oficial e tranparente a impusição de merda ao povão.

Não estamos a caminhar para a Idade das Trevas de novo, como alguns enganados dizem. Estamos a caminhar a passos largos para a Idade das Fezes. E a passo acelerado.

Um abraço,
RdS

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Nas voltas e reviravoltas...

. A Austeridade...

. Portugal e a Crise

. Jogo FMI

. FMI e afins

. O outro lado da exuberânc...

. Os Sufrágios!

. As idio(ti)ssincracias da...

. O país de betão

. O salário minimo e Portug...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

.Contador

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds