Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2007

Regresso à (a)normalidade!

Saudações caros navegantes!

 

Passada a euforia abortífera que varreu o país de assuntos, voltamos pois aos velhos e brandos costumes da “Roubalheira” Nacional e do atentado ao cidadão que se instalou neste membro rectal da Europa.

 

Além dos combustíveis, que continuam na sua galopante epopeia rumo a máximos históricos de envergadura mundial (apesar da cotação do crude estar a diminuir – estas estrangeirices têm de acabar, como é que se pode roubar…quer dizer, enriquecer à vontade com diminuições de preços?), temos a OCDE a marcar pontos com mais um relatório inovador.

 

Pois é, Portugal tem de despedir mais facilmente! Corremos o sério risco de continuarmos a decrescer. E isso não queremos! Sem despedimentos fáceis, ágeis e “imediateis” (foi o que me saiu) não conseguimos entrar na senda do sucesso.

 

A nova palavra de ordem é: TOCA A DESPEDIR!

 

Não interessa porquê, para quê, ou qualquer outro quê, o que interessa é agilizar os despedimentos. Se não, nunca seremos competitivos. Evolução no seu melhor! Estamos em plena época do darwinismo laboral! A natureza no seu máximo esplendor! (no sentido mais animalesco mesmo)

 

Segundo as mentes iluminadas desta Terra (Pachecos Perreiras, Lobos Xavieres, etc) a grande solução para sair da crise e para a sobrevivência nacional passa pelos despedimentos. Realmente, como é que as empresas irão ser competitivas se têm de pagar salários?

 

Não pode ser! As empresas não podem comportar esta situação! Não são a Santa Casa da Misericórdia! Tudo para a rua!

 

Senhores Gestores e Líderes deste país! O grande desafio é conseguir produzir mais e melhor sem trabalhadores. Agora é que vamos ver quem são os melhores. As empresas que conseguirem ter zero funcionários é que vão atingir o sucesso.

 

MAS ATENÇÃO! Não acho que seja este o caminho. Não sei se estamos em condições de conseguir produzir ou laborar sem ter de recorrer à mão-de-obra humana (arg! Que infelicidade!) portanto antevejo (provavelmente sou um visionário) uma solução melhor:

 

Em vez das empresas pagarem salários, devem ser os trabalhadores a pagarem para terem o privilégio de estarem empregados!

 

Isto sim, parece-me uma boa solução e consegue-se resolver os problemas de ambas as partes. As empresas não só diminuem os custos de produção como provavelmente ainda conseguem ver as outras despesas cobertas pelos ganhos com os trabalhadores. Para os trabalhadores é excelente, deixa de existir o espectro do desemprego.

 

Portanto, sejamos mais ambiciosos! Vamos saltar este passo na evolução e avancemos logo para uma solução capaz de resolver de vez a crise em Portugal.

 

Continuando, a CP, fiel aos princípios com que o Estado tem esfolando os seus contribuintes, ofereceu à RAVE (é tudo o mesmo) um funcionário e ainda desembolsou uns míseros 200 e tal mil euritos para que o Senhor não ficasse “descalço” com esta mudança (não vá o Diabo tece-las).

 

E o Tio Belmiro mantêm a sua postura, comprar a PT a preço de saldo, e ainda considera um excelente negócio para Portugal.

 

Por hoje chega, já sinto falta da época do referendo, ao menos tinha a esperança de que algo fundamental ia mudar no país e para melhor.

 

RdS

publicado por GERAL às 18:08
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Regresso à (a)normalidade...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

.Contador

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds