Terça-feira, 6 de Outubro de 2009

O outro lado da exuberância bolsista.

 

Ora Viva! Como vai a bolsinha?

 

Se estiver ao nível do PSI 20 está exuberante, dinâmica ou em calão: Cheia de Pujança!

Sensacional!

 

Não há crise que não dê em fartura.

Por falar em crise, será que a crise já passou?

Para ser sincero, eu duvido. Parece-me que esta exuberância bolsista não passa disso mesmo: de pura excitação!

Ok! Tudo bem, se calhar estou a ser pessimista.

Só que parece-me um pouco cedo para tanta fartura, ainda estamos a dar os primeiros passos de uma suposta recuperação da economia global.

Tenho dúvidas que esta recuperação seja sustentada, até porque há dois factores muito importantes que, a meu ver, colocam em causa todo este exuberante cenário: por um lado temos os níveis extremamente elevados de desemprego, e com perspectivas de virem a aumentar nos próximos dois anos (o que abona pouco em termos de confiança e de retoma dos índices de consumo); por outro lado, temos a questão de excesso de liquidez dos mercados.

Excesso de liquidez...Que contradição!

Tivemos a crise devido á insuficiência de fundos para colmatar as “inovadoras e empreendedoras engenharias financeiras” desta década, que obrigou (e bem) os governos a injectarem elevadíssimos recursos financeiros na economia.

Agora avizinha-se nova crise por causa da panaceia aplicada. Com tanta liquidez nos mercados, que não está a ser aproveitada, já estou a ver os Bancos Centrais a prepararem-se para começar a aumentar as taxas de juro com medo do espectro dessa terrível ameaça chamada: INFLAÇÃO!

É algo típico dos economistas da globalização. Toca a subir as taxas que o consumo não pode aumentar desenfreadamente – A Inflação tem de ser controlada!

O problema é que as pessoas ainda não recuperaram desta crise, nem em termos salariais nem ao nível do fortíssimo desemprego que grassa por aí.

Se as taxas começarem de novo em escalada, acompanhadas pelo desenfreado aumento do preço dos combustíveis (andam sempre juntas, estas duas...) e por outra medida bem conhecida de todos nós: Aumento dos impostos para pagar o gigantesco deficit que se avizinha!

Et voilá! Cá está de novo com uma bela perspectiva sócio-económico-financeira para 2010. Ou seja, mais do mesmo, pelo menos uma década de crise na Terra Estranha (isto é, em Portugal) é um dado adquirido.

Com este panorama, resta a pergunta: Será que a segunda década do Séc:XXI também vai ficar marcada pela praga da crise sócio-económico-financeira?

Bem, vou ser optimista, acho que a segunda década vai ser mais positiva, a crise vai passar, vamos entrar numa fase de crescimento económico e sustentado.

Qual a razão?

Não será devido aos nossos brilhantes líderes, políticos ou governantes. Também não será pela tão falada produtividade, porque para haver produtividade neste país tem de haver uma coisa muito simples, que nós não temos: Um rumo! Ou seja, saber o que queremos, onde queremos estar e o que queremos ser, numa palavra: Objectivos.

Acho que a razão vai estar relacionada com o simples de facto de que tenho a esperança de que não podemos viver sempre neste definhamento contínuo. Naturalmente, este cenário que temos vivido irá mudar, seja por factores exógenos ou endógenos, algo irá mudar. E só porque tem mesmo que mudar.

 

 

 

RdS

 

publicado por GERAL às 18:44
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Outubro de 2008

O fim da crise, ou ta...

Finalmente acabou! Finalmente acabou a crise… Hurrraaaa! É que, sinceramente, já não podia ouvir mais sobre a...

Ler artigo
publicado por GERAL às 14:53
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008

Resposta à Crise

Olá potenciais banqueiros… Parece que hoje em dia, os defensores do neoliberalismo andam caladitos e procuram...

Ler artigo
publicado por GERAL às 11:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008

“Berrium Financeirius...

Ora viva!Então, ainda estão por aí?E estão bonzinhos?De certeza?Bem, em primeiro lugar venho dar três explicações sobre...

Ler artigo
publicado por GERAL às 18:11
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Domingo, 21 de Setembro de 2008

Não há quem os entend...

Ora muito boas tardes a todos! Se não sentiram saudades minhas, não há problema… estejam à vontade. Aproveite...

Ler artigo
publicado por GERAL às 16:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007

Ano Novo, Preços Novo...

Votos de BOM 2007 para todos os que nos visitam e para todos os que têm colaborado neste blog. Viva o Novo Ano! Será...

Ler artigo
publicado por GERAL às 11:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O outro lado da exuberânc...

. O fim da crise, ou talvez...

. Resposta à Crise

. “Berrium Financeirius” vs...

. Não há quem os entenda...

. Ano Novo, Preços Novos, C...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

.Contador

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds