Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008

Preocupado... é o Estado da Nação!

 

Estou preocupado!
 
Recentemente fiquei preocupado… e bastante! E o que me deixou preocupado é muito grave.
 
Não, não estou preocupado com a crise. Essa já sabemos que veio para ficar e serve apenas para “emagrecer” as empresas em termos de recursos humanos.
 
Também não estou preocupado com a guerra do Iraque. Isso é para fazer mais uns filmes estilo rambo XXIV.
 
Muito menos estou preocupado com o estado da nação. Sabemos que é um estado comatoso crónico por isso nem perco tempo com tais coisas
 
E nem sequer estou preocupado com o preço dos combustíveis. Por muito que se escreva sobre o assunto sabemos que o resultado será sempre o mesmo… paga tuga, que ainda respiras!
 
O que me preocupou é muito mais grave. É algo tão grave que pode pôr em risco a estabilidade mental de qualquer português. Algo tão mau que, comparado com o fim do mundo, este parece um piquenique. Descobri algo que se relaciona com o nome deste blog. Este local de entretenimento da má-língua dá pelo nome de “Os 3 S’s na Terra Estranha”. Até aqui tudo parece normal, os autores dos escritos têm S no nome e parece-me lógico o nome uma vez que moramos numa terra deveras estranha.
 
Infelizmente descobri que os S’s podem ter outra conotação, tipo “Sócrates, Salazar e Silva (Cavaco, claro está) na Terra Estranha. Ora eu não acho que alguém chamar-se Sócrates, Salazar ou (Cavaco) Silva é ofensivo. É que nenhum dos autores quer ser confundido com os outros S’s históricos, que raio! Ainda poderíamos argumentar que o Salazar “vá-que-não-vá” até porque o tipo mantinha os tugas com medo, abertamente e sem espinhas enquanto que os outros S’s mantêm a malta com medo mas às escondidas. Até podíamos argumentar tem uma linguagem moderna – tipo: “porreiro pá! Venha daí um abraço”; ou, inclusive, podíamos defender que o Silva (Cavaco) é um homem do “povão” pois gosta de comer bolo-rei de boca aberta.
 
Mas não acredito que, mesmo com uma argumentação positiva e sagaz, possamos defender tais semelhanças. É que não há argumentação mesmo! É um infortúnio poder pensar que posso ser confundido com qualquer um destes três tipos. Só de pensar nisso envelheci uns cinco anos e comecei a pensar em meter baixa psiquiátrica. É que mais um bocadinho ainda dizem que os elementos deste simpático blog são os culpados pela crise… bem, aqui também não tínhamos muitos argumentos a apresentar em nossa defesa porque continuamos a permitir que tipos com o calibre dos S’s históricos (Sócrates, Salazar e Silva) ainda trabalhem… fora da construção civil.
 
É que os S’s históricos são piores que os cavaleiros do apocalipse! Qualquer arma de destruição maciça é um estalinho de Carnaval ao lado de qualquer um dos S’s armado de uma caneta. Qual míssil qual caraças! O Sócrates com uma caneta é muito mais perigoso. É que o míssil, depois de explodir, matou umas quantas pessoas e feriu outras, tudo no espaço de uns segundos mas o segundo é no espaço de uma legislatura. O tipo assina hoje e um gajo fica desempregado daqui a seis meses… e logo desempregado sine die!
 
Salazar era um pouco mais imediatista. Ele gostava de assinar hoje e a GNR ia partir os cornos a alguém logo na semana a seguir. E, por fim, o Silva não assina nem deixa assinar e o resultado final é igual, fica tudo na merda! Além disso o homem parece o “Worm Tongue” do Senhor dos Anéis, sempre na sombra, a sussurrar à Manelinha o que deve fazer. É muito estranho mas podemos sempre ansiar pela aparição de um qualquer Gandalf que acabe com tantos sussurros.
 
Espero que os leitores não confundam nenhum dos autores com os outros S’s! Podem insultar-nos à vontade, fazer alusões à nossa mãezinha, paizinho ou outro qualquer familiar até à 5ª geração, os leitores podem pôr em causa a nossa masculinidade à vontade, nenhum de nós se importa… mas por favor não nos confundam com os outros S’s, os históricos porque isso é ofensivo… MESMO!
 
“Um banqueiro é um indivíduo que nos empresta um chapéu-de-chuva quando está sol mas que nos exige a devolução assim que começa a chover”
Mark Twain (1835 - 1910)
 
“Democracia é o mecanismo que garante que seremos governados da forma que merecemos”  
George Bernard Shaw (1856 - 1950)
 
“Democracia consiste na escolha do nosso ditador, depois de ele nos ter ditto aquilo que pensamos querer ouvir”
Alan Corenk
 
“A economia é extremamente útil para dar emprego a economistas”
John Kenneth Galbraith (1908 - 2006)
 
“Para cada acção existe sempre uma acção contrário no programa de governo”
Bob Wells
 
“O Governo é demasiado importante e grande para ser deixado nas mãos dos políticos”
Chester Bowles (1901 - 1986)
 
“Debaixo de cada pedra, rasteja um político”
Aristophanes (450 BC - 388 BC), Thesmophoriazusae, 410 B.C.
 
“Agora já sei o que é um Homem de Estado; ele é um político morto. Precisamos de mais Homens de Estado”
Bob Edwards
 
“Um político honesto é aquele que, depois de comprador, mantém-se comprado”
Simon Cameron (1799 - 1889)
 
“O crime não compensa… tanto como a política”
Alfred E. Newman
 
Abraço
MS
publicado por GERAL às 17:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Preocupado... é o Estado ...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

.Contador

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds