Quinta-feira, 4 de Janeiro de 2007

Ano Novo, Preços Novos, Crise Velha!

Votos de BOM 2007 para todos os que nos visitam e para todos os que têm colaborado neste blog.

 

Viva o Novo Ano!

 

Será que é desta que saímos da crise?

 

Nãããããã! Não me parece. Aliás, é justo falar em crise? Talvez fosse mais correcto falar em “Crise Aplicada”.

 

Vejamos, as empresas têm tido lucros recordes, os custos de produção são cada vez mais baixos, o comércio internacional tem crescido a 2 dígitos, os ricos estão cada vez mais ricos, os pobres cada vez mais pobres, a classe média está em vias de extinção, and so on, and so on.

 

Pelos vistos a crise é só para alguns.

 

E os preços! Maravilha das maravilhas. É tudo a aumentar e acima da inflação. A gasolina aumentou novamente (3% - calma este é o primeiro aumento do Ano, ainda têm mais 360 dias de aumentos – uma mina), a electricidade, benevolamente (porque nós, bestas consumidoras, estamos a usufruir da benignidade do governo que limitou a justíssima compensação do preço real, devia ser 17% de aumento), só aumentou 6%, o pão apenas viu o seu preço crescer em 20%, os transportes variam entre os 3,5 e os 7% de aumento, as taxas bancárias também aumentaram, etc, etc.

 

E os salários? E o poder de compra? E o nosso consumo?

 

Este país é fantástico, para as empresas e demais profissões liberais. Tudo aumenta e continua a existir uns parvos, consumidores e trabalhadores, que pagam tudo e nem bufam.

 

Este ano, o governo deve ir de GPS à procura de preços que não subiram acima dos 3%. Só assim vai poder constituir um cabaz que apresente uma inflação de 2%, para que os papalvos continuem a engolir a conversa dos “baixos custos de produção” e da “concorrência baixa os preços”

 

Eu devo ser muito asno mas, quando aprendi que a concorrência e a racionalização dos custos de produção originava inevitavelmente uma baixa de preços, eu acreditei.

 

Agora, o que vejo? Até chega a ser engraçado, mas é o contrário do que aprendi. Temos quase tudo liberalizado, racionalizado e em plena concorrência, só que os preços…aumentaram.

 

Acho que vou montar uma empresa, fazer aumentos nos preços de 25%, queixar-me que não existe mercado, que a concorrência é demasiada, esmolar a mão-de-obra e ver os meus lucros crescer exponencialmente.

Enfim, Bom Ano a todos!

 

RdS

publicado por GERAL às 11:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Ano Novo, Preços Novos, C...

.arquivos

. Outubro 2013

. Setembro 2012

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.tags

. todas as tags

.Contador

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds